Donald Trump critica a vitória de Parasita em evento de campanha

O filme Parasita, embora tenha sido o vencedor do prêmio de Melhor Filme pela academia, foi atacado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nesta semana.

Em um evento de campanha em Colorado Springs onde o propósito teoricamente seria a discussão entre as relações internacionais dos Estados Unidos, Donald Trump mudou o foco para criticar a decisão do Oscar de conceder o prêmio de Melhor Filme para Parasita, dirigido por Bong Joon Ho:

“O quão ruim foi o prêmio da Academia neste ano?” na qual os seguidores responderam com altas vaias.

“E o Oscar vai para… Um filme da Sul Coreano. Que história é essa? Nós já temos problemas o bastante com a Coréia do Sul no comércio e agora nós os premiamos como melhor filme do ano? É bom? Eu não assisti” – complementou o presidente.

O estúdio responsável pela produção do filme Parasita, o Neon, respondeu ao comentário do presidente no Twitter:

“É de se compreender…ele não é capaz de ler.” – ironizou o estúdio em um comentário um tanto quanto ácido.

Ainda em repercussão ao caso, a Curzon, os distribuidores britânicos do filme, disseram:

“Os comentários do presidente dos Estados Unidos da América sobre o filme Parasita são um apito racista claro e, como tal, não justificam o debate”

O filme Parasita foi o grande vencedor do Oscar de 2020, levando quatro prêmio: o de Melhor Filme, Melhor Filme Internacional, Melhor Direção e Melhor Roteiro Original.