11 séries originais da Amazon Prime Video para maratonar em casa

O Amazon Prime Video é um serviço de streaming que chegou ao Brasil no ano passado. Um dos principais concorrentes da Netflix, o Prime Video tem chamado a atenção tanto pelo seu catálogo quando pelo seu preço acessível.

Vale lembrar que o Prime Video é somente um entre os serviços disponíveis na assinatura da Amazon. Além do streaming de vídeo, a assinatura da Amazon Prime oferece ao seus clientes o Prime Music, serviço de streaming de música (semelhante ao Spotify e ao Deezer); o Prime Reading, catálogo de livros e revistas digitais; ofertas exclusivas em produtos no site e frete grátis para todas as compras de produtos físicos.

O catálogo do Prime Video está recheado de séries clássicas como The Sopranos e Seinfeld, grandes sucessos de diversos estúdios, até as suas produções originais, como Transparent e Fleabag. Dá para ficar horas buscando um titulo para a sua próxima maratona!

Por isso, selecionamos 11 séries que são produções originais do Prime Video para você colocar em dia. Então separe a pipoca, um lugar confortável no sofá e aproveite!

1. The Man in the High Castle (2015 – 2019)

Baseado no romance de mesmo nome do escritor Philip K. Dick, The Man in the High Castle (O Homem do Castelo Alto) explora um universo distópico do que seria se a Alemanha Nazista e os Japoneses tivessem ganhado a Segunda Guerra Mundial e invadido o território dos Estados Unidos. Em 1962, a resistência busca formas de derrotar os inimigos dentro do próprio território.

A série ganhou sua última temporada em novembro de 2019 e está toda disponível no serviço da Amazon.

2. Transparent (2016 – 2019)

Sarah, Josh e Ali Pfefferman, ficam surpresos quando o pai, Morton, os reúne para uma conversa séria sobre o futuro. Como a família não tinha um relacionamento tão fácil, eles imaginavam que o assunto seria a herança dos três. No entanto, o pai se assume como transgênero. A partir desta notícia, todas as relações deste núcleo familiar vão se alterando. Com uma mistura de drama e comédia, a série conquistou público e  críticas pela forma como desenvolveu seu enredo e dando aos seus personagens diversas nuances, sendo muito premiada ao longo das temporadas.

Assim como a nossa indicação anterior, Transparent também já foi finalizada. A 5ª temporada foi breve, mas completamente diferente: a série dramática se torna um musical digno da Broadway em um episódio especial de 100 minutos.

3. Fleabag (2016 e 2019)

Após as premiações do Globo de Ouro e do Emmy 2019, foi difícil não ouvir falar de Phoebe Waller-Bridge. A atriz e roteirista é criadora e protagonista desta série que mistura drama e comédia ao falar da vida de uma jovem inglesa inquieta quando precisa lidar com o luto. A primeira temporada foi lançada em 2016 e já atraiu atenção da crítica. No ano seguinte, Waller-Bridge comandou a (também aclamada) série Killing Eve, mas deixou a produção no ano seguinte para se dedicar à segunda temporada de Fleabag, que a consagrou com diversos prêmios internacionais.

Para a tristeza dos fãs, no entanto, Waller-Bridge não tem planos de produzir mais uma temporada da série. Segundo ela, a segunda temporada finalizou a jornada da personagem. Ao todo, a série possui 12 episódios de 26 min.

4. Lore (2017 – 2018)

Já para aqueles que amam séries paranormais, a produção original da Amazon, Lore, é uma boa pedida: uma antologia de contos macabros que mostram que os mitos folclóricos pode ser mais real do que imaginamos. Cada episódio conta uma história diferente com uma produção e elenco distintos. A produção simula uma investigação policial em formato de documentário, intercalado com uma dramatização dos fatos narrados. A série é baseada em um Podcast estadunidense de mesmo nome, apresentado por Aaron Mahnke, que explora histórias folclóricas de uma forma investigativa, trazendo depoimentos de testemunhas e fontes de notícias sobre os casos.

As duas temporadas completas da série estão disponíveis na plataforma do Prime.

5. Marvelous Mrs. Maisel (2017 – presente)

Outra comédia extremamente elogiada pelo público e a crítica nos últimos anos. A série se passa na década de 1950 e conta a história de Miriam Maisel, conhecida como Midge. Ela é uma dona de casa vinda de uma família conservadora de judeus que tenta ajudar o marido a ganhar sucesso no mundo da comédia Stand-Up. No entanto, depois que ele a abandona, ela descobre o próprio talento para os palcos.

Um detalhe da série é que marca a volta da roteirista e produtora Amy Sherman-Palladino, criadora de Gilmore Girls, para a televisão. Em Marvelous Mrs. Masel, ela também assina a direção de alguns episódios.

6. Homecoming (2018)

A estreia de Julia Roberts foi só o primeiro motivo que fez com que Homecoming chamasse a atenção de público e da crítica. Além da presença da atriz no papel principal, a série conta também com um nome na produção e direção conhecido no mundo das séries, Sam Esmail (Mr. Robot).

A história acompanha a psicóloga Heidi no seu trabalho na iniciativa Homecoming, que ajuda veteranos de guerra no seu retorno à vida civil. Ao longo do tempo, Heidi começa a suspeitar de que algo está acontecendo, quando o centro começa uma política de tratamento pouco ortodoxa.

A série é um thriller psicológico e também é baseada em um podcast estadunidense de sucesso. Com episódios curtos de 30 minutos, a série possui 10 episódios lançados até agora. Perfeito para maratonar antes do lançamento da segunda temporada, que está previsto ainda para este ano. As primeiras imagens promocionais já foram reveladas.

7. The Boys (2019 – presente)

Baseada nos quadrinhos de mesmo título de Garth Ennis e Darick Robertson, The Boys coloca em jogo como se comportariam super-heróis de verdade em um mundo baseado em status e fama. A série apresenta na sua narrativa dois protagonistas: o jovem Hughie Campbell, que busca justiça após ter sua namorada assassinada por um herói velocista que pertence à equipe de super-heróis mais populares do mundo, os Sete; e Starlight, uma jovem heroina que acaba de entrar para os Sete e percebe que a equipe não é como ela esperava.

A série foi um sucesso de público desde o lançamento da primeira temporada por compor uma trama sobre poder, política e imagem dentro do gênero super-heróis. Com o sucesso, a segunda temporada de The Boys também está prevista para 2020, com um trailer já lançado. Além disso, o criador da série já tem planos para uma terceira temporada.

8. Good Omens (2019)

Com apenas uma temporada, Good Omens chamou a atenção do público por conseguir um trabalho de adaptação impecável. A minissérie é baseada no livro Belas Maldições, de Neil Gaiman e Terry Pratchett. A adaptação foi feita pelo próprio Neil Gaiman, como homenagem Pratchett, já falecido.

A série é centrada na amizade que o anjo Aziraphale e o demônio Crowley desenvolveram ao longo de 6 mil anos vivendo entre os humanos. No ano de 2019, no entanto, eles recebem a tarefa de tomar conta do Anticristo, garantindo que o fim do mundo aconteceria. Na iminência da destruição de toda a humanidade e de tudo o que eles gostam na Terra, eles decidem se unir e impedir o apocalipse.

9. The Feed (2019)

Para os fãs de ficção científica como Black Mirror e Years and Years, The Feed traz uma trama que mistura drama, thriller psicológico e nossa interação com a tecnologia. A história é baseada no livro de mesmo nome do autor Nick Clark Windo, lançado em 2018.

A série se passa em um futuro próximo, quando uma nova tecnologia permite o compartilhamento de pensamentos e memórias através de um implante no cérebro. A tecnologia chamada de The Feed foi inventada por Lawrence e administrada pela sua esposa, Meredith e é bastante rejeitada pelo filho do casal, Tom. No entanto, coisas estranhas começam a acontecer, resultando em uma onda de violência e pessoas acordando sem memórias. Tom então precisa encontrar uma forma de proteger sua esposa e sua filha recém-nascida.

10. Modern Love (2019)

Modern Love é uma série antológica de comédia romântica que trouxe diversas estrelas de hollywood em crônicas sobre o amor na cidade de Nova York. Baseada em uma coluna do jornal New York Times também chamada Modern Love, que se propõe a reunir histórias sobre o amor na cidade. Dessa forma, todos os episódios da séries, adaptados da coluna Modern Love, são também inspirados em histórias reais.

Ao longo de 8 episódios curtos, a série se propõe a explorar dos diversos sentidos do amor, como a amizade, gravidez e maturidade. E a boa notícia é que a série já foi confirmada para mais uma temporada que irá chegar ao catálogo do Prime ainda este ano.

11. Hunters (2020)

O anúncio de Hunters pegou parte do público de surpresa quando foi feito no início deste ano. Não é para menos: a série é produzida pelo cineasta Jordan Peele e estrelada por Al Pacino, pela primeira vez trabalhando com TV.

A série se passa em 1977, quando a vida de Jonah muda completamente: sua avó Ruth, uma judia sobrevivente do Holocausto, morre misteriosamente. Ele então conhece Meyer Offerman, que o revela que grupos nazistas vivem escondidos nos Estados Unidos e estão tramando para subir ao poder nos Estados Unidos. Com isso, Jonah se une a um grupo de caçadores de nazistas.

A série estreou no dia 21 de fevereiro e trouxe 10 episódios nesta primeira temporada, que termina com um gancho para uma nova temporada, ainda não confirmada.

E aí, já conhecia alguma destas séries?